segunda-feira, 18 de maio de 2009

AGROTURISMO


A Fazenda Um Sonho A Mais , agora esta se tranfomando em um groturismo!


Todos os interessados em vir nos visitar, tera a oportunidade de conhecer nossas estruturas, interagir com o campo e o meio ambiente!


VENHA NOS VISITAR!!!

quinta-feira, 26 de março de 2009

quinta-feira, 12 de março de 2009

O CAMINHO DA LUZ!!!

(clique na imagem para aumentar!!)


Um otimo atrativo turistico de Carangola e região é o caminho da luz, que se inicia na cidade de Tombos até o pico da Bandeira.

INSCRIçOES P/ ESTAGIO

ESTAO ABERTAS AS INSCRIçOES PARA O ESTAGIO NA FAZENDA UM SONHO A MAIS, COM PRODUçAO DE ANIMAIS SILVESTRES, pacas e catetos NO PERIODO DAS FERIAS DE MEIO DO ANO.

INFORMAMOS QUE JA ESTAMOS FAZENDO INSCRIçOES E QUE AS VAGAS SAO LIMITADAS.

TODOS AQUELES INTERESSADOS FAVOR ENTRAR EM CONTATO NO EMAIL karinezootecnia@yahoo.com.br.

abraços,

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Carangola tem herbario!!!!!


Minha cidade é tão rica de cultura, mas quase ninguem sabe disso...


Uma das coisas especiais de Carangola é o Herbário "Guido Pabst". Este ja existe ha 19 anos. são mais de 15.000 exsicatas aproximadamente, com 43 "Tipos", possui ainda uma carpoteca, xiloteca, biblioteca, fototeca, ilustrações botânicas, além de uma coleção com porções reprodutivas fixadas em solução hidroalcóolicas.


Existe tambem um boletim científico intitulado Pastia que vem sendo publicado periodicamente desde 1990, divulgando os trabalhos desenvolvidos por pesquisadores deste herbário e de outras instituições (nacionais e estrangeiras).


As atividades é realizada são relizadas em um pequeno predio na Faculdade de Ciencias e letras de Carangola, apesar de esta nao haver nenhum vinculo com o herbario. Tendo sido ampliado e equipado com recursos da Fapemig. As pesquisas vem sendo desenvolvidas intensivamente no Parque Nacional do Caparaó, Parque Estadual do Brigadeiro, Vale do Rio Carangola, Fazenda Santa Rita e Reserva Biológica do Córrego do Veado, identificando e divulgando as espécies ocorrentes.


Sempre tem visitantes das Grandes Universidades Federais Brasileiras, no qual os alunos desenvolve suas tses de mestrado e doutorado. O Herbario tambem é conhecido internacionalmente.


Carangola é feliz por ter um dos maiores herbarios do mundo, e deve tudo isso ao sonho e trabalho de um profissional competente que é o Lúcio S. Leoni .

Aniversario de Darwin


Dia 12 de fevereiro, foi comemorado os 200 anos de Charles Darwin!


Charles Robert Darwin foi um naturalista britânico que alcançou fama ao convencer a comunidade científica da ocorrência da evolução e propor uma teoria para explicar como ela se dá por meio da seleção natural e sexual. Esta teoria se desenvolveu no que é agora considerado o paradigma central para explicação de diversos fenômenos na Biologia. Foi laureado com a medalha Wollaston concedida pela Sociedade Geológica de Londres, em 1859.

Darwin começou a se interessar por história natural na universidade enquanto era estudante de Medicina e, depois, Teologia. A sua viagem de cinco anos a bordo do Beagle e escritos posteriores trouxeram-lhe reconhecimento como geólogo e fama como escritor. Suas observações da natureza levaram-no ao estudo da diversificação das espécies e, em 1838, ao desenvolvimento da teoria da Seleção Natural. Consciente de que outros antes dele tinham sido severamente punidos por sugerir idéias como aquela, ele as confiou apenas a amigos próximos e continuou a sua pesquisa tentando antecipar possíveis objeções. Contudo, a informação de que Alfred Russel Wallace tinha desenvolvido uma idéia similar forçou a publicação conjunta das suas teorias em 1858.
Em seu livro de 1859, "A Origem das Espécies" (do original, em inglês, On the Origin of Species by Means of Natural Selection, or The Preservation of Favoured Races in the Struggle for Life), ele introduziu a idéia de evolução a partir de um ancestral comum, por meio de seleção natural. Esta se tornou a explicação científica dominante para a diversidade de espécies na natureza. Ele ingressou na Royal Society e continuou a sua pesquisa, escrevendo uma série de livros sobre plantas e animais, incluindo a espécie humana, notavelmente "A descendência do Homem e Seleção em relação ao Sexo" (The Descent of Man, and Selection in Relation to Sex, 1871) e "A Expressão da Emoção em Homens e Animais" (The Expression of the Emotions in Man and Animals, 1872).


Últimos anos de vida

Apesar dos sucessivos problemas de saúde que acometeram Darwin nos seus últimos vinte e dois anos de vida, ele continuou trabalhando avidamente. Ele passou a se dedicar aos aspectos mais controversos do seu "grande livro" que ainda estavam por ser completados: a evolução da espécie humana a partir de animais mais primitivos, o mecanismo de seleção sexual que poderia explicar características de não tão óbvia utilidade além de mera beleza decorativa, bem como sugestões para as possíveis causas subjacentes ao desenvolvimento da sociedade e das habilidades mentais humanas. Seus experimentos, pesquisa e escrita continuaram.
Quando a filha de Darwin adoeceu, ele deixou de lado o seu trabalho e experimentos com sementes e animais para acompanhá-la em seu tratamento no campo. Ali, ele iniciaria o seu interesse por
orquídeas selvagens que se desenvolveria em um estudo inovador sobre como as flores serviam para controlar a polinização feita pelos insetos e garantir a fertilização cruzada. Como já observara com as cracas, partes homólogas serviam a diferentes funções em diferentes espécies. De volta ao lar, ele adoeceu novamente em um quarto repleto de experimentos e plantas trepadeiras. Ainda assim, continuou o seu trabalho no livro "Variação" (Variation), que cresceu até ocupar dois volumes, o que o forçou a deixar de lado "A descendência do Homem e Seleção em relação ao Sexo". Uma vez impresso, o livro foi muito procurado.
A questão da evolução humana tinha sido amplamente discutida pelos seus simpatizantes (e críticos) logo depois da publicação da "
Origem das Espécies" mas a contribuição do próprio Darwin para o tema só veio uma década mais tarde com os dois volumes de "A descendência do Homem e Seleção em relação ao Sexo" em 1871. No segundo volume, Darwin introduziu por completo o seu conceito de seleção sexual e explicou a evolução da cultura humana, as diferenças entre os sexos, a diferenciação entre raças bem como a bela plumagem dos pássaros. Um ano mais tarde, Darwin publicou seu último grande trabalho, "The Expression of the Emotions in Man and Animals", que era focado na evolução da psicologia humana e sua continuidade com o comportamento animal. Ele desenvolveu a sua idéia de que a mente humana e culturas foram desenvolvidas por meio de seleção natural e sexual, uma abordagem que foi revivida com a emergência da psicologia evolutiva. Como ele concluiu em a "Descendência do Homem", Darwin achava que apesar de todas as "qualidades nobres" e "capacidades sublimes" da humanidade:

O homem ainda traz em sua estrutura fisica a marca indelével de sua origem primitiva. - Darwin